Curiosidades sobre o Acre que encantam e deixam todo visitante de boca aberta

Você vai se surpreender ao descobrir como o Acre tem muito a contar para todo o Brasil. Portanto, se tem vontade de conhecer um pouco mais desse estado brasileiro? Então leia esse texto até o final e veja três curiosidades sobre o Acre.  

Curiosidades sobre o Acre que encantam e deixam todo visitante de boca aberta - Floresta do Acre
Floresta do Acre – Fonte: Sergio Vale- Wikimedia Commons

1– Origem do nome

Rio Branco foi criada a partir do núcleo Empresa, que se tornou vila e sede do Departamento do Alto Acre. A capital transformou-se em cidade em 1913.

Em 1909, trocaram o nome de Alto Acre para Penápolis. Assim em homenagem ao presidente Afonso Pena. Entretanto, em 1912, a cidade tornou-se Rio Branco, nome do diplomata que negociou o Tratado de Petrópolis, que incorporou o Acre ao Brasil.

2- “À beça”

A expressão “à beça” (algo em grande quantidade), é atribuída à quantidade de argumentos utilizados pelo jurista sergipano Gumercindo Bessa, ao enfrentar Rui Barbosa na questão da independência do Território do Acre

O presidente Rodrigues Alves foi o primeiro a utilizá-la, admirado pela eloquência de um cidadão: “O senhor tem argumentos à Bessa”. Com o tempo, a palavra perdeu a inicial maiúscula e as letras “s” foram substituídas pelo “ç”.

3- Os seringueiros

Os seringueiros, por exemplo, são comuns nas terras do Acre. Eles retiram da mata tudo do que precisam para sobreviver. Assim como a madeira para a construção de casas, palha para os telhados, terra para o plantio de arroz, mandioca, milho e feijão. Além disso sustentam-se com a venda da seringa e da castanha.

Em 1975, os seringueiros do Acre inventaram uma técnica para evitar o desmatamento da região. Em outras palavras, trata-se do empate. 

Quando ficam sabendo que uma área será desmatada, os seringueiros se reúnem e se instalam no local com suas famílias, deixando armas de defesa escondidas. Eles pressionam os peões e exigem negociação com o responsável pelo desmatamento. 

O primeiro empate aconteceu na cidade de Cachoeira. Até 2012, nenhum deles tinha resultado em conflito violento.

Veja também:

Temporada no Acre: a melhor época para visitar todas as belezas do estado

Região Norte de carro: 3 rotas que todo viajante precisa experimentar pelo menos uma vez

Lugares encantadores em Rio Branco que merecem uma visita

História e curiosidades sobre o Acre que surpreendem os visitantes

Carnaval no Acre é divertido e cheias de surpresas adoramos conhecer

Por fim, gostou de conhecer essas curiosidades sobre o Acre? Então conta pra gente nos comentários.